Search

News Details

Novo estudo com frangos de corte encerra debate de 30 anos em torno da biodisponibilidade de distintas fontes de metionina

Um novo estudo, conduzido com uma genética moderna de aves, confirmou que a biodisponibilidade de metionina de produtos hidróxi-análogos líquidos (MHA-FA) é de apenas 65%, aproximadamente, em comparação com produtos de DL-metionina (DLM), como o MetAMINO®. Essa conclusão definitiva é coerente com a opinião científica recente2 da Agência Europeia de Segurança Alimentar (EFSA) e irá ajudar os produtores a otimizar os seus custos com alimentação animal.

O estudo1, conduzido no Schothorst Feed Research, na Holanda, mostrou que a biodisponibilidade relativa de MHA-FA e DLM65 (DL-Metionina dilupida a 65%) na comparação com MetAMINO® foi de 65% e 61%, respectivamente. Todos os valores de biodisponibilidade de MHA-FA ficaram significativamente abaixo do teor da substância ativa no produto referenciado pelo fabricante de 88%.

“Esses resultados, que foram obtidos usando frangos de corte de genética moderna, confirmam que a biodisponibilidade de produtos hidróxi-análogos líquidos de metionina – MHA-FA – é de cerca de 65% na comparação com MetAMINO® na base produto a produto”, explicou Dr. Emmanuel Auer, responsável pela linha de negócios Animal Nutrition da Evonik.

“Esses números são consistentes com a opinião científica de 2018 da EFSA de 66% em base de produto, e é importante que os produtores levem isso em conta se o objetivo é otimizar os seus alimentos para animais e obter a melhor relação custo-benefício”.

Embora os produtos de DL-metionina sejam usados na maioria dos mercados avícolas globais, cerca de um terço dos produtores usa produtos análogos, sobretudo na forma líquida com ácidos livres (MHA-FA). “Ainda que esses produtos tenham um teor ativo de 88%, a pesquisa mostra que só uma parcela desse teor está biologicamente disponível – por isso, os produtores devem estar cientes desse fato ao formularem as suas dietas”.

Os dados de desempenho do estudo também confirmaram que todas as melhoras obtidas com MetAMINO®, MHA-FA e DLM65 à dose mais alta atingiram um platô comum, onde não se perceberam diferenças significativas entre eles.

“Esses resultados deixam claro que a biodisponibilidade poderia ser interpretada de maneira equivocada quando baseada em dados dessa parte da curva dose-resposta”, disse Auer. “É necessário realizar a análise de regressão multiexponencial dos dados do estudo dose-resposta para determinar a biodisponibilidade de metionina e outros nutrientes. A validade desse método foi confirmada pelo novo estudo”.

O estudo abrangeu 1.920 frangos de corte que receberam dietas iniciais (0 a 11 dias), crescimento (11 a 28 dias) e terminação (28 a 35 dias) com diferentes teores de metionina. Cada grupo de 120 aves recebeu MetAMINO®, MHA-FA ou DLM65 (MetAMINO® diluído com amido para um teor de metionina de 65%) em cinco níveis diferentes (de 0,4 a 3 g/kg). Um grupo basal de 120 aves não recebeu nenhuma metionina adicional. O desempenho de crescimento foi avaliado em cada fase e a avaliação da carcaça realizada no dia 35.

Os resultados mostraram que o aumento das doses de todos os três produtos de metionina (MetAMINO®, MHA-FA e DLM65) foi associado a um melhor desempenho em crescimento e rendimento da carcaça na comparação com a dieta basal. O suplemento de metionina mais alto (3 g/kg) melhorou o GP (ganho de peso corporal) em 70, 67 e 70% e reduziu a CA (taxa de conversão alimentar) em 22, 22 e 23% com MetAMINO®, MHA-FA e DLM65, respectivamente. De modo similar, o rendimento da carcaça melhorou 13, 11 e 13% e o rendimento da carne de peito (como percentual do peso corporal) melhorou 62, 60 e 63% com MetAMINO®, MHA-FA e DLM65, respectivamente.

Análises estatísticas adicionais dos dados mostraram que a eficácia do MHA-FA em comparação com o MetAMINO foi de apenas 58% para ganho de peso (GP), 66% para taxa de conversão alimentar (CAR) e 62% para índice europeu de produção (IEP).



Referências:

1. Biodisponibilidade de dl-metionina hidróxi análoga em comparação à dl-metionina e validação da abordagem de regressão multiexponencial mediante o uso de dl-metionina 65% diluição em frangos, 2018, Poultry Science Association 107th Annual Meeting Abstracts, #242.

2. Agência Europeia de Segurança Alimentar (EFSA), 2018: segurança e eficácia de hidróxi análogos de metionina e seu sal de cálcio (ADRY+®) para todas as espécies animais, EFSA Journal 16 (3): 5198.





Informações sobre a empresa
A Evonik é uma das empresas líderes mundiais em especialidades químicas. O foco em negócios atraentes do segmento de especialidades, a capacidade de inovação orientada aos clientes, além de uma cultura corporativa confiável e voltada a resultados compõem a essência de sua estratégia corporativa. Essas características formam a alavanca para um crescimento lucrativo e um aumento sustentado do valor da empresa. Com mais de 36.000 colaboradores, a Evonik atua em mais de 100 países no mundo inteiro, beneficiando-se especialmente de sua proximidade dos clientes e de suas posições de liderança de mercado. No ano fiscal de 2017, a empresa gerou vendas da ordem de 14,4 bilhões de euros e um lucro operacional (EBITDA ajustado) de 2,36 bilhões de Euros.

Downloads

Contato

Regina Bárbara

Contact

  •  Sobre Nutrition & Care
    O segmento Nutrition & Care, dirigido pela Evonik Nutrition & Care GmbH, contribui para o atendimento das necessidades humanas básicas, incluindo aplicações para bens de consumo de uso diário, nutrição animal e cuidados com a saúde. Com cerca de 8.250 colaboradores, esse segmento gerou vendas da ordem de 4,5 bilhões de euros em 2017.

  •  Nota legal
    Na medida em que expressamos prognósticos ou expectativas e fazemos declarações referentes ao futuro neste comunicado à imprensa, tais prognósticos, expectativas e afirmações podem envolver riscos conhecidos ou desconhecidos, bem como incertezas. Os resultados ou as evoluções reais podem variar em função de mudanças no ambiente de negócios. A Evonik Industries AG e suas coligadas não assumem nenhuma obrigação no sentido de atualizar os prognósticos, as expectativas ou as declarações contidas neste comunicado.

  •  Informações para imprensa
    Via Pública Comunicação - www.viapublicacomunicacao.com.br

    Sheila Diez: (11) 3473.0255/98540.7777 - sheila@viapublicacomunicacao.com.br
    Taís Augusto: (11) 4423.3150/99642.7274 - tais@viapublicacomunicacao.com.br
    Inês Cardoso: (11) 3562.5555/99950.6687 - ines@viapublicacomunicacao.com.br