Estação da Luz - São Paulo/SP
Estação da Luz - São Paulo/SP
Press release
Silanes
September 14, 2021

Produto antipichação da Evonik protege patrimônios históricos

  • Protectosil ANTIGRAFFITI® representa um grande avanço tecnológico para proteção e preservação de patrimônios históricos

A linha de silanos Protectosil® da Evonik, uma das líderes mundiais em especialidades químicas, possui soluções para serem aplicadas em praticamente todos os tipos de substratos, os mantendo limpos por mais tempo e menos vulneráveis aos impactos climáticos. Como resultado, as superfícies têm seus ciclos de manutenção estendidos e ficam protegidas de eflorescência, crescimento de matéria orgânica, corrosão e até pichações.

Baseados na química dos silanos, os produtos estão disponíveis nas versões prontas para uso (base água e solvente) para aplicação superficial ou para serem adicionados às formulações de revestimentos. Como aditivos na produção do concreto, aumentam o  desempenho e agem como inibidores de corrosão, prolongando a vida útil de edifícios, pontes e túneis. Em construções históricas e obras de arte, evitam umidade, proliferação de fungos, absorção de sujidades e protegem contra pichação. Além disso, reduzem significativamente os custos de conservação e ajudam a prolongar a vida útil das estruturas por décadas.

 

Combate às pichações

O Protectosil ANTIGRAFFITI® é o produto que cumpre o desafio de proteger os substratos sem alterar a aparência original. Por isso, é indicado para proteger monumentos, obras de arte e patrimônios históricos, preservando os projetos originais.

As pichações são problemas recorrentes e que implicam no emprego de métodos de limpeza que, além do custo elevado, podem afetar as superfícies, comprometendo seu aspecto e sua resistência, podendo ainda desencadear processos de degradação e alteração estética.

Composto de nanopartículas de silano funcional, o papel do Protectosil ANTIGRAFFITI® é proteger o substrato e evitar que intervenções com tintas de qualquer natureza tenham ancoragem e se fixem. É desta forma que o produto contribui para inibir a prática de vandalismo, pois a repelência às pichações desmotiva novas tentativas e, com isso, visa promover uma mudança de comportamento.

Com este objetivo, o produto já foi aplicado em grandes obras em todo o mundo como o Museu do Louvre, em Paris, França; Sydney Opera House, na Austrália; Fundación La Caixa, em Barcelona, Espanha; Credit Suisse, em Zurique, Suiça; Zollverein School of Management and Design, em Essen, Alemanha; Shopping Center Cologne, Alemanha; Shopping Mall Tsum em Moscou, Rússia; Beylerbeyi Palace Gate, em Istambul, Turquia e Staatstheater Darmstadt, na Alemanha.

No Brasil o produto também já é muito conhecido e foi aplicado através da parceria com a NANOBR (www.nanobr.com.br)  no projeto de revitalização da Estação Luz (muros), na proteção de superfícies da Pinacoteca do Estado de São Paulo e no Casarão Nhonhô Magalhães, localizado no bairro paulistano de Higienópolis.

Informações completas de toda a linha Protectosil® estão disponíveis em www.protectosil.com.

Informações da Empresa

A Evonik é uma das líderes mundiais em especialidades químicas. A empresa atua em mais de 100 países em todo o mundo e gerou vendas de 12,2 bilhões de euros e um lucro operacional (EBITDA ajustado) de 1,91 bilhão de euros em 2020. A Evonik vai muito além da química para criar soluções inovadoras, rentáveis e sustentáveis para os clientes. Mais de 33.000 colaboradores trabalham juntos com um propósito em comum: queremos melhorar a vida das pessoas, todos os dias.

Nota legal

Na medida em que expressamos prognósticos ou expectativas e fazemos declarações referentes ao futuro neste comunicado à imprensa, tais prognósticos, expectativas e declarações podem envolver riscos conhecidos ou desconhecidos, bem como incertezas. Os resultados ou as evoluções reais podem variar em função das mudanças no ambiente de negócios. A Evonik Industries AG e suas coligadas não assumem nenhuma obrigação no sentido de atualizar os prognósticos, as expectativas ou declarações contidas neste comunicado.